30
dez/18

Ano novo, vida de casal renovada

Não há nada melhor do que encerrar o ciclo de mais um ano e iniciar outro, renovando sonhos e expectativas de um futuro que ainda está por ser vir. O desejo de planejar coisas novas é inerente do ser humano e isso produz renovo das células do corpo, restauração da alma, reciclagem mental e reativa áreas importantes do cérebro.

É lindo ver casais sonhando em começar o ano focado em mudar a casa, sonhar com os filhos, ganhar mais dinheiro para fazer viagens e nada como o ritual de Ano Novo para celebrar este momento. Mais admirável do que todos esses planos, é ver um homem e uma mulher se incluindo em suas agendas pessoais e unindo suas esperanças para planejar algo a mais, somente para os dois. Cada ano que passa, imagina-se mais vitórias na área profissional, mais conquistas na vida em geral, planeja-se cursos e escola das crianças, modelos de carros e casas atualizadas, mas pouco se pára para falar do “nós”.

Essa é uma matéria que quer te fazer um convite: Um convite que preencherá ainda mais seus dias e que visa priorizar a relação a dois. É tempo de renovar sonhos e projetos, mas que entre eles estejam em suas agendas um tempo a mais em família, um dia da semana para um cinema ou um sorvete, momentos a dois para não fazer nada ou simplesmente para dançar uma música romântica na sala ou tomar banhos juntos, mais vezes.

Tempo para se olharem – simplesmente se olharem e se admirarem, conservando assim as características de um namoro eterno, mesmo que sejam casados. Quando um elo afetivo é fortificado, todos passam mais serenos diante de uma dificuldade, seja ela profissional, familiar ou pessoal.

Dias atrás fiquei entristecida ao ver um casal de amigos, que juntos aguardavam ansiosamente a vinda de sua primeira filhinha. Por motivos de pré-eclampsia, a mãe teve que ser obrigada a tira-la antes do tempo. A nenê ficou viva somente seis dias e foi muito dolorido ver aquele casal jovem e sonhador, carregando juntos um caixãozinho branco, chorando desconsolado tendo que enterrar aquele anjinho de 1 kilo, com seus dedinhos frágeis, sendo obrigados a voltar para casa com todo quarto preparado, mas sem ninguém para preencher aquele espaço. Naquele mesmo dia, me doeu ver outro casal brigar porque a mulher queria comprar um sapato de uma marca conceituada. Para mim foi um choque de realidades, pois enquanto uns sofrem juntos e calados pela morte de um bebê, outros brigam por causa de um sapato.

Olhando seu passado, é fácil relembrar da simplicidade que tinha seu coração e da humildade de como tudo começou. Você e seu cônjuge eram mais jovens e cheios de sonhos. O que almejavam foi se realizando, mas a vida foi te engolindo e sem que dessem conta, você mesmo ficou mais insensível – não porque queria, mas pelas próprias circunstâncias.

Ano novo é tempo de jogar fora as toxinas emocionais que muitos insistem em guardar como mágoas e rancores e darmos mais atenção àquilo que realmente tem valor. As brigas muitas vezes são desnecessárias e não merecem tanto a nossa atenção. Seu poder, sua fama, sua estabilidade um dia podem acabar, mas quem opta por construir uma relação fortalecida e dar sua devida manutenção (bem como a de um carro ou de uma casa), certamente não serão pegos por uma tempestade, pois os alicerces foram bem estruturados.

No final, todos nós atingimos nosso ápice em algo na vida, mas com a mesma velocidade que aparecemos, também sumimos. Tudo acontece muito rápido, mas lembre-se que quando os aplausos forem embora, quando as noites frias chegarem e as dificuldades aparecerem, sua família estará lá …. ao seu lado e… não vão te deixar sozinho!

VOLTAR

Karine Rizzardi
CRP 08/09524
A autora é psicóloga especialista de Casais e Família

De acordo com a lei 9610 de 19/02/1998, este conteúdo está protegido. É autorizada a sua reprodução, desde que seja feita de maneira integral e citando a autoria/link original.
Rua Vicente Machado, 1587 (Anexo ao Centro Dermatológico de Cascavel)