09
dez/18

A importância do pinheirinho de natal

É um hábito marcante nos EUA, as famílias se reunirem no frio de dezembro para fazer as famosas árvores de Natal. Apesar de ser nos EUA, onde mais vemos as marcas desse ato, é na Alemanha que este costume foi criado. Apesar das arvorezinhas estarem mais escassas devido a pressa, aqui no Brasil, é importante você entender o que esta simples atitude pode fazer com uma família.

A aplicação de rituais familiares feitos em conjunto, é muito mais do que um tempo qualquer destinado à família. Fazer os pinheirinhos, inventar um amigo secreto de 1.99, formalizar jantas desde um frango até um peru, independente da idade em que os filhos estão, é uma das formas mais felizes de fazer os filhos perpetuarem isso nas próximas gerações.

Toda família que tem por hábito, se reunir para realizar qualquer tipo de atividade conjunta, colhe como benefícios um nível maior de intimidade emocional, compartilha melhor das situações e dividem emoções saudáveis que são comprovadamente responsáveis por diminuir a ansiedade entre os adolescentes e até a agressividade de crianças pequenas.

A vinda do Natal tem seu valor simbólico e é esses sentimentos que devem ser explorados. A espera das festas, o cardápio do dia, a busca pelos presentes, tudo isso é algo mágico e que nunca deve perder seu brilho. Cada filho deve contemplar desta experiência, até mesmo quando as lojas abrem mais tarde e a família sai para passear a noite.

Quanto mais nos empenhamos para que esses rituais permaneçam, mais isso ficará forte em suas memórias sócio-afetivas e um pouco de você vai se perpetuando, dentro da sua história. É uma das formas de deixar seu carimbo para gerações futuras!

Há muitas pessoas que passaram por algum evento difícil de perda ou dor em algum dos natais que passaram e muitos tem perdido a sensibilidade em perceber a alegria desta data.

Nada melhor do que terminar o ano e se preparar para outro se iniciar, renovando sonhos, esperanças e planos.

Que seus rituais possam ir além do pinheirinho de Natal… que eles auxiliem todos da casa a relembrar como é bom o tempo em família, como os hábitos um do outro são suas características singulares e o quanto cada um tem seu valor e seu espaço!

Que este hábito nunca se disperse pela pressa ou pelas preocupações…não permita que nada lhe roube este momento carregado de significados.

VOLTAR

Karine Rizzardi
CRP 08/09524
A autora é psicóloga especialista de Casais e Família

De acordo com a lei 9610 de 19/02/1998, este conteúdo está protegido. É autorizada a sua reprodução, desde que seja feita de maneira integral e citando a autoria/link original.
Rua Vicente Machado, 1587 (Anexo ao Centro Dermatológico de Cascavel)